Itapetinga recebe o projeto DEAM Itinerante

O projeto tem o objetivo de acolher esse público que às vezes nãos e sente confortável em ir a uma delegacia e divulgar o trabalho de acolhimento e cuidado às vítimas. “Esse é um projeto da primeira delegada mulher da história da polícia civil da Bahia, drª Eloísa Brito, e ela quer fazer a divulgação dos serviços dos núcleo especial e das delegacias da mulher através do ônibus que traz a DEAM Itinerante”, falou a delegada Déborah Soares.

Durante os dois dias, a Polícia realizou atendimento completo: registro de ocorrência, oitiva, requerimentos de medidas protetivas de urgência e os encaminhamentos para fazer interrogatório e dar continuidade às investigações.

Além do Núcleo Especializado de Atendimento à Mulher, o CRM (Centro de Referência da Mulher), órgão ligado à Secretaria de Desenvolvimento Social, completa a rede de apoio às vítimas de violência. “Muita gente não sabe, mas o centro de referência da mulher também serve como porta de entrada para as vítimas de violência doméstica. As mulheres podem primeiramente procurar a gente no caso de não se sentirem confortáveis de irem até a delegacia prestar uma queixa. A gente faz esse acompanhamento até a delegacia e esse amparo social, psicológico e jurídico”, explicou a advogada Belle Cotrim.

A denúncia é a melhor forma de combater a violência contra a mulher e punir os agressores. Para aqueles que ainda têm algum receio em ir a uma delegacia, a Polícia Civil disponibiliza um número de celular para que qualquer um, vítima ou testemunha de casos de violência possam denunciar. O anonimato é garantido.

É vítima ou sabe de algum caso de violência? Denuncie: 98887-0197. Essa é uma luta de todos.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *